Adolescência e autoconhecimento

A adolescência envolve diversas mudanças corporais e psicológicas. É, portanto, uma fase de autoconhecimento e cabe aos adultos ajudar a entender o que está acontecendo com o seu corpo e com as suas vontades!


Conversamos com a Dra. Dolores Nishimura (CRM 121.216), ginecologista e obstetra da Clínica Mitera, sobre alguns aspectos relacionados a essa fase tão importante da vida da mulher. Confira!


Clínica Mitera - Adolescência e autoconhecimento

Como auxiliar a adolescente a conhecer o corpo?

Segundo Dolores, a educação sexual deve começar em casa, junto aos pais e à escola. “A educação sexual, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é ensinar a criança sobre sexo. Educação sexual é importante para conhecer seu próprio corpo, para entender sobre consentimento e para proteger a criança e a adolescente”.


É possível ensinar sobre as partes do corpo à criança por meio de desenhos, livros, sites e Instagram!


“Quando a criança é ensinada com naturalidade sobre o corpo, de forma acolhedora, ela não tem medo e nem receio de explorar seu próprio corpo”, explica Dolores.


Como conversar sobre a primeira menstruação?

A primeira menstruação ou menarca é um marco na vida da menina, é a transição da infância para a adolescência. Esse tempo varia muito de mulher para mulher, mas é normal quando ocorre depois dos oito anos até os 14 anos.


Após a menarca, é importante orientar a adolescente anotar características da menstruação, como regularidade do ciclo, intensidade do fluxo, presença de cólicas e procurar a ginecologista para esclarecer as dúvidas específicas e fazer exames se forem necessários.


“Em geral, nos dois primeiros anos, o ciclo menstrual pode ser irregular, o que não significa necessariamente algo errado. Pode ser apenas imaturidade do sistema hormonal. Fluxos e cólicas muito intensos precisam de investigação”, explica Dolores.


Além disso, é importante conversar com a menina que seu corpo já estará apto para gestar e conversar sobre a importância de métodos contraceptivos e sobre infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).


Adolescência e o autoconhecimento da orientação sexual

Durante a adolescência, a menina vai passar por diversas descobertas e uma delas é sobre a orientação sexual.


Nesse momento, é importante que os adultos que ela confia não tenham preconceitos e deixem a adolescente experimentar, sem silenciar suas vontades ou inibi-las, para que essa procura não se torne uma vergonha ou culpa.


O que uma adolescente precisa saber antes de ter a sua primeira relação sexual?

É fundamental que a adolescente saiba que todas as relações sexuais devem ser com consentimento e uso de camisinha para evitar a gravidez e a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.


Explique que a penetração do pênis pode romper o hímen e isso, ocasionalmente, pode causar um pequeno sangramento. Isso é normal, mas nem sempre o hímen se rompe com a passagem do pênis.


Esse momento precisa ser de conversa e de muito respeito com o parceiro ou parceira para que seja prazeroso!


Converse com a menina para que a adolescência seja uma fase de autoconhecimento!