Atividade física na gestação

Manter-se fisicamente ativa durante a gestação e preparar o seu corpo para o parto fará com que a gestante enfrente esse momento com maior confiança.


Clínica Mitera - Atividade física na gestação

A maternidade constitui-se uma das fases de transição existencial mais importantes do ciclo vital, já que a mulher passa a assumir um papel novo, nunca experimentado antes: o de cuidar de um novo ser, completamente dependente dela. Esta mudança de identidade, o gradual estabelecimento do vinculo pais-bebê e a confiança na sua própria percepção e sensibilidade ampliam as potencialidades e recursos maternos.


O mais natural é que a gestante não queira submeter-se passivamente a todo o processo de gestação, parto e puerpério. Ela quer compreender o que acontecerá com seu corpo, quer sentir confiança em si mesma à medida que vai desenvolvendo a gravidez, até o momento do parto. Manter-se fisicamente ativa durante a gestação e preparar o seu corpo para o parto fará com que ela enfrente esse momento com maior confiança.


O trabalho físico realizado com a gestante na gravidez visa uma melhora da força nas estruturas de sustentação do corpo, gerando menor desconforto músculo-esquelético nas regiões lombar e pélvica. Essas dores ocorrem por uma anteversão pélvica acompanhada ou não de uma hiperlordose lombar (mudança do eixo de gravidade com o crescimento da barriga).


Em razão dessas mudanças no organismo materno, a prática de exercícios leve a moderados durante a gestação pode ser um hábito saudável para a mãe, gerando um maior condicionamento físico e flexibilidade.

Dentre as recomendações de Wang para a prática de atividades esportivas na gestação são:

preferir exercícios de pouco impacto, sem riscos de queda e traumas;


ter objetivo de fortalecer os músculos de sustentação (músculos da coluna que a auxiliam na postura) mas nunca ter como objetivo hipertrofia (ganho de massa muscular);


ter o exercício como fonte de combate a dor nas regiões da mama, coluna lombar, abdome e ombros. Melhorar o condicionamento físico;


sempre ter monitorização da frequência cardíaca durante o exercício: a mulher deverá conseguir falar confortavelmente durante o exercício;


manter boa hidratação;


para mulheres que estão iniciando atividade física na gestação, recomenda-se o início a partir do segundo trimestre.


Dra. Ana Paula Sanaiote Portela